Blog dos anjos

1001 segredos angelicais para compartilhar

Um guia para a meditação andando!

Meditação andando

Você provavelmente já ouviu falar em meditação, mas já ouviu falar em meditação andando? Meditar enquanto caminha pode parecer um pouco desafiador, possivelmente até mesmo contra-intuitivo, mas é uma prática que vem crescendo incrivelmente e muito benéfica. Não se preocupe se você for novo na prática da meditação.

Desde que possa andar, você não terá problemas em aprender esta técnica nova e excitante. Levaremos você por alguns dos benefícios que esta prática pode oferecer a você antes de guiar você passo a passo pelo processo em si. Vamos discutir também algumas dicas que podem torná-lo mais fácil.

O que é meditação andando e quais seus benefícios?

Os benefícios da caminhada e da meditação individualmente já são amplamente conhecidos e estabelecidos. Caminhar, especialmente na natureza, aumenta seu ritmo cardíaco, permite que você respire ar puro e ajuda a limpar sua mente de quaisquer preocupações, estresses ou pensamentos negativos.

A meditação funciona de modo similar: ela permite que sua mente e espírito entrem em um estado natural onde os pensamentos negativos são liberados no mundo e seu corpo relaxa junto com sua mente e espírito. Ambas são práticas incrivelmente saudáveis, então por que não combiná-las?

A meditação andando não é simplesmente a combinação de duas práticas saudáveis e benéficas. Ela oferece a você uma nova perspectiva que você não seria capaz de ter se estivesse apenas caminhando ou apenas meditando.

Você pode pensar nisso como uma forma de meditação um pouco mais energizadora e determinada, uma que se concentra ligeiramente menos nos elementos de relaxamento e mais nos impulsos físicos, mentais e espirituais que possuímos.

Seu Anjo da Guarda pode ajudar você a alcançar esse nível de crescimento e conhecimento espiritual! Quer saber qual é o seu Anjo da Guarda e como ele pode proteger você no seu cotidiano?


Para se conectar com seu Anjo da Guarda e receber a sua VIDÊNCIA DOS ANJOS GRATUITA, faça agora seu cadastro:

Data de nascimento

Dados de contato

Ao clicar abaixo, eu confirmo que li a Política de Privacidade e aceito os termos legais.


Caminhar é uma forma de meditação?

Existe uma diferença principal entre a meditação e a meditação andando. Por meio da meditação sua mente se torna mais focada à medida que você conecta seu subconsciente e seu espírito. Realizar esta prática enquanto caminha não permite que você acesse este mesmo espaço, mas permite alcançar um novo.

Este espaço mental novo e às vezes incomum permite que você assuma uma abordagem mais ativa em relação ao local onde seus pensamentos levam você.

Conduzindo nossos próprios pensamentos dentro do espaço meditativo, podemos definir objetivos para a nossa sessão de meditação e empurrar ativamente nossas mentes e espírito em direção a eles.

Normalmente, na meditação, devemos sentar e deixar que nossos pensamentos nos guiem, mas com essa abordagem, podemos ponderar questões, entrar em contato com nossos anjos e guias espirituais e considerar a natureza geral de nossas jornadas espirituais.

Há um pequeno desafio dentro deste novo estado de espírito. Muitas pessoas têm dificuldades em dizer a diferença entre o estado da mente da meditação andando e sonhar acordado.

À medida que começamos a explorar os passos simples que você deve seguir ao realizar este estilo de meditação, vamos cobrir alguns pontos que irão ajudá-lo a ficar focado e consciente.

Meditação andando guiada

Antes de explorarmos o modo de andar e meditar ao mesmo tempo, vale a pena discutir os benefícios de se usar uma meditação andando guiada, algumas vezes chamada de meditação guiada de aterramento.

Se você alguma vez já usou uma meditação guiada, é exatamente a mesma coisa. Normalmente, trata-se de um arquivo que você pode ouvir e que guia você ao longo de sua jornada meditativa.

O benefício de tal arquivo é que você não precisa lidar com sua própria habilidade ou atenção para evitar a distração. Um dos maiores problemas que enfrentamos é perceber quando nossa mente está vagando, de modo que possamos trazê-la de volta para um espaço focado.

Com uma meditação andando guiada, você está simplesmente seguindo as direções constantemente dadas a você. Para muitas pessoas, isso é mais confiável do que seguir suas próprias mentes.

Como eu pratico a meditação andando?

Para aqueles interessados em tentar a técnica da meditação andando por conta própria, aqui estão alguns fundamentos. Para os iniciantes, você pode fazer isso em qualquer lugar. O ideal é estar na natureza, mas se sua única opção for andar pela cidade ou dentro de casa, então ainda é aceitável.

Como com qualquer meditação, tire um momento antes de começar. Respire lenta e profundamente: inspire pelo nariz e expire pela boca. Foque sua mente na intenção desta meditação andando. O que você espera aprender, descobrir ou alcançar?

Quando sua mente e corpo tiver relaxado um pouco, comece a focar nas sensações sentidas. Note as áreas exatas em que seus pés estão conectados ao chão (mesmo através de sapatos e meias). Sinta o calor do ar e qualquer brisa que possa estar soprando contra sua pele.

Torne-se consciente de qualquer cheiro ou som ao seu redor. Algum deles se repete? Se sim, foque no padrão criado. Respire fundo novamente e enquanto exala, dê seu primeiro passo.

Os primeiros passos

Ao dar o primeiro passo, preste realmente atenção aos movimentos do seu corpo, particularmente nos seus pés. Repare como a pressão do solo diminui à medida que o seu pé sobe para o ar. Sinta qual parte do seu pé faz contato novamente com o chão primeiro: é o calcanhar? São os dedos?

Ambos tocam o chão ao mesmo tempo? Apenas foque sua mente nestas sensações à medida que começa a andar. Seus primeiros passos devem ser mais lentos que o normal. Realmente tire seu tempo para perceber cada mudança que acontece em seu corpo à medida que você caminha.

À medida que focar em seus pés se torna algo natural, expanda sua consciência e comece a sentir o que o resto do seu corpo está fazendo. Como suas mãos se movem a cada passo? Seus braços balançam? Você pode sentir seu coração batendo?

Depois de cada passo lento, verifique sua respiração e certifique-se de que suas respirações continuam lentas e estáveis, mas não desconfortáveis.

Andando normalmente

Logo você vai começar a andar em um passo normal, mas lembre-se de continuar focado. À medida que expande novamente sua consciência, observe os sons que estão ao seu redor. Torne-se consciente de quaisquer mudanças na temperatura ou na velocidade do vento.

Quando começar a sentir que sua mente está focada, mas que você também está andando em uma velocidade normal, comece a direcionar sua consciência para dentro, em direção aos seus próprios pensamentos.

Permita que este estado mental elevado trabalhe em direção ao objetivo e intenção que você se colocou no início.

Você pode realizar esta técnica pelo tempo que desejar. Algumas pessoas caminharão por horas com a mente neste espaço, outras o farão por apenas alguns minutos. Faça o que for natural para você.

Descubra mais artigos interessantes no blog do Padre: