Blog dos anjos

1001 segredos angelicais para compartilhar

Feliz Dia de São Valentim – Mergulhando na História da Tradição!

Feliz Dia de São Valentim

Feliz Dia de São Valentim! Uma declaração que se tornará mais e mais popular à medida que nos aproximamos deste famoso dia do ano. Quando é o Dia de São Valentim este ano? Bem o Dia de São Valentim acontece a 14 de fevereiro. Mas com a data de aproximando rapidamente, há mais a ser levado em consideração do que quais presentes comprar ou para quem enviar um cartão.  Neste artigo, vamos mergulhar na história de São Valentim. Vamos dar uma olhada nas histórias de origem comum em torno deste dia romântico: dos festivais romanos de fertilidade aos Santos e sacerdotes cristãos. Vamos tirar um momento para considerar como as pessoas comemoram este feriado e há quanto tempo eles estão fazendo isso.

Roma antiga

Se você viajasse para a Roma antiga, antes do surgimento do Cristianismo, não encontraria nem uma única pessoa desejando “Feliz Dia de São Valentim”. Mas durante este mesmo período do ano, encontraria um festival conhecido como Lupercalia acontecendo.

Este era um festival de fertilidade, que procurava honrar o Deus romano da agricultura, Faunus, aumentando também a fertilidade de mulheres, animais e da colheita dentro do Império Romano.

Para nós, este festival pode parecer um pouco bizarro. Os sacerdotes romanos reuniam-se em uma caverna onde os místicos fundadores de Roma, Rômulo e Remo, acreditavam ter sido amamentados por uma loba até que um pastor os descobrissem.

Quer saber qual é o seu Anjo da Guarda e como ele pode proteger você no seu cotidiano?


Para se conectar com o seu Anjo da Guarda e receber a sua VIDÊNCIA DOS ANJOS GRATUITA, faça agora seu cadastro:

Data de nascimento

Dados de contato

Ao clicar abaixo, eu confirmo que li a Política de Privacidade e aceito os termos legais.


Feliz dia de São Valentim

Os sacrifícios de animais eram feitos para Faunus, que era o modo como os romanos honravam seus deuses e prestavam-lhes homenagens.

Essas peles de animais seriam transportadas pela cidade, sendo tocadas por mulheres, animais e lavouras, na esperança de torná-las mais férteis durante a próxima primavera.

Este festival não era visto como assustador, mas era bem-vindo por todos, pois níveis mais elevados de fertilidade significavam uma maior colheita no final do ano ou mais corpos para ajudar a tornar o Império Romano a lenda que ele é até hoje.

Outro aspecto deste festival da fertilidade envolvia mulheres colocando seus nomes em uma jarra ou urna e sendo alocadas aleatoriamente a solteiros.

Muitos acreditam que, à medida que Roma foi se tornando cada vez mais cristã, no final do século V, afastando-se cada vez mais de deuses pagãos, o Papa Gelasius I anunciou que o festival se tornaria uma celebração de São Valentim e  ao Feliz dia de São Valentim.

Santos Cristãos

No entanto, existem muitos outros relatos da origem da tradição do dia de São Valentim. A maioria destas estão dentro do Império Romano durante o surgimento do Cristianismo.

Como o cristianismo reconhece vários santos pelo nome “Valentim”, existem algumas histórias diferentes e é muito pouco claro qual é a verdadeira origem do dia. É possível que todas elas tenham desempenhado um papel.

A Filha do Carcereiro

Uma delas acontece em torno de 270 da era cristã, quando o Imperador Claudius II aumentava a perseguição ao cristianismo.

Durante este período, praticar qualquer religião não-romana era considerada crime, principalmente em relação ao Cristianismo, o qual estava começando a aumentar em popularidade. Aqueles considerados culpados frequentemente enfrentariam o castigo nas mãos dos soldados romanos.

Um padre chamado Valentim defendeu um grupo de cristãos que recebiam uma flagelação. Como resultado, ele foi sentenciado à morte.

Alguns contam que durante o tempo em que ficou na prisão, antes da execução, ele ficou amigo da filha do carcereiro, aparentemente curando-a da cegueira e, por fim, se apaixonando por ela.

À medida que a data da sua execução se aproximava, ele assinou sua última carta para ela com “de seu Valentim”, levando à celebração que conhecemos hoje.

Os casamentos fora da lei

Outra história, também durante o reinado do Imperador Claudius II, se relacionada aos soldados do Império romano. Claudius concluiu que os homens estavam mais dispostos a ir para a guerra quando não tinham esposa e filhos esperando por eles em casa.

Assim, ele proibiu o casamento entre a população mais jovem para incentivar sua vontade de lutar. Um sacerdote, chamado Valentim, encarregou-se de casar os jovens casais em segredo para que pudessem passar a vida juntos.

Quando seu ato de desobediência foi descoberto, Valentim foi sentenciado à morte e se tornou um mártir, não somente para aqueles que ele havia casado, mas para todos aqueles que sempre estiveram apaixonados.

Feliz dia de São Valentim e as Tradições

No resto do mundo, o Dia dos Namorados é um momento único para todos aqueles que procuram amor ou que já estão cheios de amor.

Apesar das origens antigas, as tradições às quais associamos o Dia de São Valentim são relativamente recentes. Obviamente é possível que apenas não tenhamos encontrado evidências de tradições mais antigas.

Afinal, as cartas de amor seriam a primeira coisa a se decomporem. Como todos sabem, escrever cartas ou enviar cartões de Feliz Dia de São Valentim é o que mais associamos com este dia.

Pode ser um choque para você saber que o envio de mensagens de dia de Feliz dia de São Valentim só começou nos anos 1500, pelo menos em uma escala grande o suficiente para ser considerada uma tradição.

Foi ainda mais tarde que este se tornou um aspecto comercial de nossas sociedades, com o cartão comercial se tornando comum por volta do final de 1700.

Nos Estados Unidos, a data é ainda posterior, uma vez que os cartões comerciais de dia de São Valentim não se tornaram populares até os anos 1850.

Durante esta tradição até 150 milhões de cartões são trocados em todo o mundo. Existe apenas um dia que envolve trocas de cartões em uma escala superior que essa: o Natal.

Os cartões enviados normalmente dizem: “ Feliz Dia de São Valentim ! E incluem mensagens de boa-sorte, bem-estar ou amor. O Deus romano do amor, Cupido, é frequentemente representado nestes cartões, o que conecta o dia às suas origens, que parecem ter começado na Roma Antiga.

Descubra mais artigos interessantes no blog do Padre: