Blog dos anjos

1001 segredos angelicais para compartilhar

Um guia sobre a autoconsciência e seus benefícios

autoconsciência

O que é autoconsciência? Esta é uma pergunta que envolve muitos aspetos filosóficos, espirituais, religiosos e psicológicos. O objetivo deste artigo será guiar às respostas desta pergunta: o que é autoconsciência? Nós também veremos como se tornar autoconsciente e como aumentar sua própria consciência da vida, explicando os benefícios disto. Portanto, se você já iniciou sua jornada em direção à autoconsciência ou está à procura de como começar, a leitura deste artigo será bastante útil.

O que é autoconsciência?

Em poucas palavras, autoconsciência é a capacidade de olhar para dentro de si mesmo, a fim de observar, entender e modificar seus próprios pensamentos, comportamentos e atitudes. Você provavelmente já notou em si ou em outra pessoa, que muitas coisas que fazemos são automáticas.

Eis um exemplo perfeito disto: imagine por um instante que você está andando na rua e encontra um amigo.  Não um amigo íntimo ou alguém da família, mas alguém conhecido. Se ele ou ela lhe perguntar como você está, qual seria sua resposta? Para a maioria de nós, seria “Estou bem, e você?”.

Aprender a ser autoconsciente é aprender a notar estas ações automáticas, transformando-as em decisões conscientes para cada situação. Conforme vivemos, passamos boa parte do nosso tempo no “piloto automático”. Seja ao ir para o trabalho, cozinhar, ver televisão, fazer esporte ou passar tempo com os amigos ou família, é quase impossível encontra uma situação em que não estamos neste estado automático mental.


RECEBA A SUA VIDÊNCIA GRATUITA! CADASTRO NO FORMULÁRIO ABAIXO:

Data de nascimento

Dados

 


Autoconsciência

É sempre muito fácil ignorar a consciência que a vida nos oferece. Os benefícios deste “piloto automático” são óbvios, mas existem também desvantagens sérias.

Por que aumentar a autoconsciência?

Há duas desvantagens principais que devem ser levadas em consideração e explicam por que o aumento da autoconsciência é uma mudança positiva que deve ser feita na vida. Para os iniciantes, ao estar no modo “piloto automático”, perde-se partes ou momentos da vida. Isto varia de pessoa a pessoa, dependendo da frequência em que tomam decisões conscientes.

Pense desta forma: se seu “piloto automático” estiver ativo somente durante 1 hora, durante 5 dias por semana (talvez durante o caminho para o trabalho), durante um ano inteiro, você perde 250 horas de atividade consciente. Pense no que você poderia ter realizado nesta hora, caso tenha a intenção de melhorar uma certa habilidade ou conhecimento.

Outra grande desvantagem é desconectar-se se nós mesmos e daqueles ao nosso redor. Quando nos tornarmos mais autoconscientes, nos envolvemos mais com cada aspecto das nossas vidas.

Não nos permitimos tomar decisões desinformadas baseadas em desejos ou vontades subjacentes e participamos mais na interação com nossos amigos, familiares e sobretudo, temos mais controles das nossas próprias vidas.

Tudo isso também nos permite entender não só como vemos as pessoas, mas como elas nos veem e seus pontos de vista. Portanto, vejamos a seguir como se tornar mais autoconscientes.

Como ser autoconsciente

Vamos explorar algumas técnicas simples e eficazes para ajudar em sua jornada à autoconsciência. É importante entender que não se trata de algo instantâneo e não acontecerá da noite para o dia. Será preciso paciência e algumas semanas, ou até meses, antes de notar mudanças significativas. Mas o esforço e a espera valem a pena!

Meditação

Um dos meios mais fáceis de aumentar sua autoconsciência é a meditação. Temos tendência a viver com base na opinião dos outros, as quais pesam bastante em nossas mentes. Isto influencia nossas ações, decisões e até mesmo nossos pensamentos.

Estas opiniões podem até invadir nossas próprias mentes e em seguida, nos comportamos diferentemente, porque nossas mentes se deixam programar facilmente pela sociedade ou grupos menores. Sem perceber, colocamos uma “máscara” quando saímos de casa para satisfazermos estas exigências que foram adotadas por nossas próprias mentes.

A meditação nos ajuda a romper com estas pressões. Durante a meditação, não há ninguém por perto exigindo o uso de uma máscara, incluindo nossa própria mente. Ao entrarmos em um estado meditativo, afastamos estas ideias pré-concebidas e as substituímos por consciência… autoconsciência.

Com a prática, a meditação nos permite sentir, ver e notar nossos pensamentos e analisar cada pensamentos, determinando se se trata de algo que precisamos ou se é algo que apareceu por conta própria.

Autorreflexão

Outra ferramenta útil é a autorreflexão. Este é o momento em que se faz certas perguntas a si mesmo, com respostas sinceras, para determinar a pessoa que você deseja ser. As perguntas podem variar drasticamente, mas vejamos alguns exemplos:

  • “Se eu vise alguém demonstrando a mesma linguagem corporal que eu, como eu definiria a forma que esta pessoa está se sentindo?”
  • “O meu comportamento é algo que eu apreciaria em um amigo ou alguém?”
  • “A energia que eu emito é mais positiva ou negativa?”
  • “Se eu morresse e visse um “flashback” da minha vida, eu me teria orgulho?”

Ao responder estas perguntas com sinceridade, podemos definir uma imagem de nós mesmos, parecida com a que os outros têm de nós. Mas podemos levar esta etapa mais adiante.

Conecte-se com seus Anjos

Se você pensa que está se enxergando do ponto de vista errado e se preocupa, há sempre a opção de se conectar com os anjos. Esta decisão pode trazer vários benefícios. Para os iniciantes, os anjos podem oferecer orientação e assistência ao começar o percurso em direção à autoconsciência.

Porque afinal de contas, a autoconsciência é uma etapa positiva da jornada espiritual e assim sendo, eles sempre têm prazer em apoiar esta mudança.

Em segundo, eles oferecem intuições ou discernimento para você em um nível mais profundo e espiritual que talvez não havia pensado antes.

Apenas lembre-se que eles lhe oferecem apoio, mas melhorar ou obter autoconsciência é uma jornada que você tem que fazer só, portanto prepare-se para agir, apesar da ajuda dos seus anjos.

Descubra mais artigos interessantes no blog do Padre: