Blog dos anjos

1001 segredos angelicais para compartilhar

Dance, cante, grite…

dance e cante

Divertir-se todos os dias, reencontrar a sua alma de criança durante alguns segundos, dance e cante… superar os limites, isso tudo é possível colocando em prática os três pequenos exercícios a seguir.

Nenhuma necessidade de nada material, só é necessária a sua presença! Jogue o jogo, dance e cante !

Dance

Eu lhe falei a respeito da necessária atividade do corpo. Neste aspecto, quer você goste ou não de dançar, nunca perca a oportunidade de se expressar através da dança e, graças a ela, de eliminar o seu estresse.

Inclusive se você não dançar muito bem, pois se você dançar mal, um espelho dará conta do recado! Você vai sorrir de si e verá que rir de si é um fabuloso remédio!

Quer saber qual é o seu Anjo da Guarda e como ele pode proteger você no seu cotidiano?


Para se conectar com seu Anjo da Guarda e receber a sua VIDÊNCIA DOS ANJOS GRATUITA, faça agora seu cadastro:

Data de nascimento

Dados de contato

Ao clicar abaixo, eu confirmo que li a Política de Privacidade e aceito os termos legais.


Cante

Ocorre o mesmo com o canto: No banho, no carro ou no bosque, cante: você aliviará as suas preocupações e viajará no campo espiritual. Por que você acredita que cantam os pássaros, criaturas celestes por excelência?

E se você cantar desafinado, voltamos ao que eu acabo dizer logo acima: pratique o ato de rir de si, divirta-se com os seus próprios atos; isso fará com sinta o maior prazer, eu lhe garanto!

Grite

Gritar? Justo eu que sempre aconselho você a ser doce, a manter o equilíbrio, a rir, como seria possível eu lhe recomendar gritar?

O grito é um antigo método praticado por um dos meus amigos que morava a beira-mar, em uma grande falésia: Quando tinha grandes problemas e preocupações, ele ia perto das falésias e urrava até quase perder o fôlego.

Dance e cante e grite!

Ainda que este não seja um método que eu já tenha colocado em prática pessoalmente, posso lhe garantir que o resultado era surpreendente: Ele voltada “esgotado”, mas feliz… Quer tentar?

Descubra mais artigos interessantes no blog do Padre: