Blog dos anjos

1001 segredos angelicais para compartilhar

O significado das várias cores da aura!

cores da aura

Se o conceito de aura for totalmente novo para você, talvez seja difícil entender todos os aspetos de uma aura e as diferentes cores da aura.

Mas uma vez que tiver aprendido a ver a aura de outra pessoa ou sua própria aura, será preciso analisar as várias cores da aura e seus significados.

O que uma aura azul, dourada ou verde significa? Neste artigo, veremos a definição básica da aura, as várias cores e seus significados. Portanto, vamos começar com a definição da aura.

O que é a minha aura?

Você se pergunta “o que é a minha aura?” Não se preocupe, eis aqui a definição básica de uma aura. A forma mais fácil de tentar entender uma aura é imaginar um campo de força espiritual.

As auras servem para nos proteger das energias negativas ou prejudiciais que encontramos no dia-a-dia.

O poder de uma aura depende de vários fatores, como a saúde física, a saúde mental, a alimentação, a espiritualidade, as bênçãos angelicais e muito, muito mais. É aí que entram em jogo os significados das cores da aura.

Conforme veremos em um instante, a cor de uma aura sempre reflete duas coisas importantes: a personalidade (incluindo o estilo de vida e a espiritualidade) da pessoa e o tipo de proteção que a sua aura pode oferecer.

Uma forma simples de olhar para a cor de uma aura é a reflexão do nível de energia vibracional desta pessoa.

Quer saber qual é o seu Anjo da Guarda e como ele pode proteger você no seu cotidiano?


Para se conectar com o seu Anjo da Guarda e receber a sua VIDÊNCIA DOS ANJOS GRATUITA, faça agora seu cadastro:

Data de nascimento

Dados de contato

Ao clicar abaixo, eu confirmo que li a Política de Privacidade e aceito os termos legais.


O significado das cores da aura

As pessoas com um nível de energia vibracional mais elevado demonstrarão ter um espectro de cor diferente das pessoas com um nível de energia vibracional mais baixo.

Tipicamente, a cor de uma aura pode variar durante o dia e variar bem mais de um dia para outro ou de semana em semana. Portanto, vamos analisar a seguir alguns exemplos de cores da aura.

Aura azul

Vejamos o significado da aura azul. Infelizmente, não é tão fácil entender as cores da aura, por causa das variações dos tons. Portanto, não é tão simples analisar a aura azul, pois os diferentes tons de azul têm significados diferentes.

Vamos começar com o tom azul escuro. O tom azul escuro da cor de uma aura geralmente é explicado de forma errada, quando dizem que este representa capacidades espirituais avançadas como a clarividência ou outra habilidade mediúnica.

Este tom representa mais a personalidade do indivíduo e sua aptidão ao conhecimento espiritual. Geralmente, estas pessoas demonstram ser generosas, com alto nível de empatia e uma sensibilidade única em relação à energia das pessoas e lugares.

Estas pessoas podem lidar com a energia negativa de forma mais eficiente do que o restante das pessoas e isto faz com que elas irradiem energia positiva.

Por outro lado, a aura turquesa está relacionada com a atração mais elevada de energia negativa. As cores da aura como a turquesa indicam que o indivíduo tem dificuldades para lidar com a energia negativa e ter empatia.

Estes indivíduos geralmente se apegam aos estados emocionais das pessoas ao seu redor. Trata-se de um grande problema para aqueles que geralmente exercem profissões onde há muita emoção negativa, como os terapeutas ou os policiais.

É importante encontrar uma saída para estas emoções, caso contrário a energia negativa começará a tomar o controle.

Aura vermelha

O significado da aura vermelha é dividido da mesma forma que as outras cores da aura. Vamos começar com o tom vermelho brilhante ou claro.

A aura vermelho brilhante é parecida com a aura azul turquesa. Estas pessoas são sensíveis às emoções e energias daqueles ao redor delas.

Porém, as pessoas com uma aura de tom vermelho claro têm mais tendência a ser positivas e energéticas. Geralmente, elas aparentam ser mais felizes do que realmente são.

As pessoas com este tom de aura são mestres em disfarçar ou esconder suas emoções. O tom vermelho escuro, especialmente o tom mais escuro, representa emoções negativas reprimidas.

Para alguns, isto pode estar totalmente ligado à energia negativa das pessoas que estão no mesmo ambiente, mas também pode ser um reflexo de problemas emocionais profundos.

Portanto é importante analisar o problema. Se esta for a cor da sua aura, tente meditar e ver quais os tipos de emoções e sentimentos que vêm à tona.

Ignorar este tom de aura levará a um acúmulo cada vez maior de energia negativa, prejudicando a sua saúde física, mental e espiritual.

  • Descubra a importancia dos 12 Chakras e seu alinhamento na sua vida

A aura verde

O último tom de aura que veremos é o significado da aura verde. Como as outras cores da aura, a aura verde pode ser dividida em tons mais claros e escuros que geralmente representam aspetos positivos ou negativos de um indivíduo.

Vamos começar com o tom verde claro, o qual de todas as cores da aura, é a cor mais associada à cura.  Estas pessoas sempre tentam ajudar aqueles à sua volta. No entanto, há o outro lado da personalidade delas.

Se ao mesmo tempo, elas sempre estão dispostas a ajudar, estas pessoas não vão participar de atividades ou esportes que não lhes interessam.

Elas não veem interesse em fazer algo que não trará benefícios às suas vidas de uma forma ou de outra. O verde escuro representa uma mentalidade negativa.

Estes indivíduos sempre veem as críticas como um ataque pessoal, o que frequentemente incita a produção de energia negativa.

Raiva e desprezo são emoções que estão sempre ligadas à aura verde escura e não demora muito tempo para que estas emoções sejam notadas.

O melhor a fazer para remediar esta cor é encorajar a pessoa a ter mais contato com a natureza e passar mais tempo longe da cidade grande (e de outras pessoas).

Este também é um exemplo de como é possível utilizar as cores da aura para encontrar as técnicas mais eficazes, a fim de espalhar energia positiva.

Descubra mais artigos interessantes no blog do Padre: